Crie um excelente portfólio para designer gráfico a partir destas dicas

O portfólio de um designer gráfico é ainda mais importante do que o seu próprio currículo. Além do texto que explica cada trabalho realizado, as imagens contidas são a parte mais importante para mostrar todo o seu histórico de criações e assim demonstrar a capacidade profissional e criativa.

Obviamente que o designer tem grande capacidade e formação para criar a estrutura de um portfólio limpo e organizado, no entanto algumas informações são de extrema importância para dar uma boa imagem aos interessados em seu trabalho, já outras não são tão importantes para a busca de todos os trabalhos.

Este texto irá te ensinar quais são as informações mais importantes que o seu cliente estará buscando, e te ajudará a ter um portfólio direto e eficaz à primeira vista para te ajudar a ter uma chance maior que os seus concorrentes.

Informações pessoais do profissional

Nas primeiras páginas tente demonstrar de forma simplificada e direta toda a sua formação acadêmica, cursos que realizou para melhorar seu conhecimento profissional, empresas com que trabalhou como designer, marketing ou algum cargo relacionado e também projetos que você mesmo criou, caso tenha algum.

Quanto mais experiência e projetos você tiver envolvido, melhor.

As empresas buscam profissionais com experiências desenvolvidas, mas também designers flexíveis e com capacidade de se integrarem em qualquer necessidade que venha a ocorrer. Mostre-se disposto e proativo para trabalhar e aprender.

Seleção de trabalhos para introduzir em seu portfólio

Um designer gráfico profissional nunca terá apenas um modelo de portfólio. Obviamente que os trabalhos principais deverão estar sempre incluídos nos diversos modelos que o designer possui, no entanto o seu portfólio deverá ser moldado de acordo com as necessidades da empresa que está buscando o seu trabalho.

Por exemplo, se estiver enviando um portfólio a uma empresa que cria websites, deverá incluir os designs gráficos criados para outros websites, blogs, jornais, revistas, ou qualquer tema diretamente relacionado.

Isso se dá ao fato de que o seu portfólio deverá estar o mais limpo e resumido possível, e aí deverão estar incluídos principalmente os trabalhos que estão diretamente relacionados com a busca de seu cliente. Deverá imaginar que assim como você, outras dezenas de pessoas estão enviando seus trabalhos e estes são seus concorrentes. Os selecionados irão ler profundamente apenas os portfólios que despertam interesse na primeira olhada.

Ilustração e cores

Se é algo que um designer deve conhecer bem é como ilustrar o seu trabalho de forma criativa e chamar a atenção do leitor. Isso é exatamente o que define um designer de qualidade e é o que o seu cliente está buscando.

Uma vez que todas as suas informações pessoais estiverem prontas, os seus trabalhos selecionados e organizados, é ora de colocar o que você mais tem conhecimento: a ilustração e decoração.

As cores e forma que cada página está organizada será o primeiro julgamento do seu cliente. Invista tempo para aplicar todo o seu conhecimento com carinho e dedicação nesta parte, pois se a imagem de seu portfólio estiver bem destacada, seguramente você receberá atenção de seu cliente.